quarta-feira, 19 de junho de 2013

Tempest

                                              

     Comprei esse livro faz meses e o deixei guardado até semana passada, quando decidi lê-lo. Quando estou a procura de livros novos, tudo o que me faz querê-lo ou ter interesse são as capas, os nomes e as sinopses. Esse, definitivamente, me atraiu com a sua sinopse: "Em 2009, o jovem Jackson Meyer descobre que pode viajar no tempo. Durante os seus “saltos” para o passado, nada muda no presente. Isso era apenas uma diversão inofensiva, até que sua namorada Holly morre durante uma invasão à sua casa. Em pânico, ele consegue voltar dois anos, mas descobre que ficou preso no tempo. Desesperado para voltar e salvar Holly, Jackson resolve tocar sua vida em 2007 e tentar descobrir o que puder sobre suas habilidades. Não muito tempo depois, as pessoas que atiraram em Holly, membros de um grupo apelidado pela CIA de “Inimigos do Tempo”, vêm a sua procura para recrutá-lo ou matá-lo. Com tudo isso acontecendo e Jackson ainda tentando encontrar pistas sobre as origens de sua família para descobrir mais sobre suas habilidades, ele precisa decidir até onde está disposto a ir para salvar Holly e possivelmente, o mundo inteiro".
    Os meus estilos favoritos de livros são aqueles com fantasia, ficção, aventura, romance e drama. Felizmente, quando comecei a ler, fiquei presa na história e morrendo de curiosidade para saber como Tempest acabava. Fiquei pensando por um longo tempo o motivo de terem colocado esse nome, mas no livro é tudo explicado. A história é maravilhosa, cheia de reviravoltas e descobertas que deixam o leitor de boca aberta, pronto para continuar e descobrir coisas ainda melhores. 
   Para quem quer saber o que significa Tempest:
   Jackson é um garoto que passa por situações que o faz aprender e observar mais o lugar, as pessoas e o movimento ao seu redor. "Seu pai" é um cara que jamais imaginei que ele fosse quem é, isso descobre quem ler o livro; Adam é superlegal, um amigo bem leal e muito inteligente; Holly é uma personagem essencial, assim como a Courtney. Elas dão a história um tom especial e romântico, também um drama. Não irei dar nenhum spoiler nem dizer absolutamente nada que acabe com as surpresas, porque isso é um dos melhores motivos para se ler Tempest. Julie Cross conseguiu ser original, tanto no tema como nas viagens de Jackson em várias dimensões! Absolutamente brilhante!
   Alguns dias depois que comecei a lê-lo, tive vontade de fazer uma pesquisa sobre a autora na internet e terminei descobrindo que haverá sequência de Tempest, que será lançada no final do ano. Vórtex, livro dois da série. E me animei bastante com a ideia. 
   Chegando ao penúltimo capítulo, quase comecei a chorar. Sinceramente, nunca pensei que tivesse vontade de chorar em um livro desse estilo, mas quase o fiz, porque surpreende e é triste. Senti pena do Jackson e da decisão que teve que tomar, mas tudo mudará no segundo, provavelmente. Algo ainda acontecerá para tornar os leitores alegres e felizes. 



Como imaginei os personagens:
Jackson Meyer 

Holly Flynn

Adam Silverman

     

Nenhum comentário:

Postar um comentário